Buscar
  • CONCQ

IRPF: Bancos anunciam benefícios para correntistas que já enviaram declaração


(Imagem:Reprodução)

Fonte: Contábeis


A antecipação do pagamento da restituição do IRPF 2020 pode ser uma forma de sair do vermelho e conseguir um dinheiro a mais em plena época de crise. Os maiores bancos do país anunciaram o benefício para correntistas que já enviaram a declaração do Imposto de Renda.


Itaú, Santander, Banco do Brasil e Bradesco, ofertam taxa de juros entre 1,69% a 1,90% ao mês. A Caixa Econômica Federal foi o único banco que não deu informações sobre as taxas de juros nesta linha de crédito.


É preciso ser correntista de um destes bancos, para ter acesso ao dinheiro. Além disso, é necessário receber o valor da restituição pelo banco no qual será tomado o empréstimo e o valor do crédito aprovado.


As linhas ofertadas pelos bancos contam com taxas de juros menores se comparadas ao rotativo do cartão de crédito e o cheque especial.


Com este procedimento sendo seguido, o banco tem a garantia de que irá receber o dinheiro e podendo trabalhar com menores taxas de juros.


Restituição Imposto de Renda


Após antecipar a restituição, os bancos costumam solicitar o recibo de entrega da declaração como forma de comprovar que o contribuinte informou sua conta no banco para receber o dinheiro.


As pessoas poderão consultar o saldo da restituição do IRPF 2020 antes de mandar dos dados à Receita Federal. Após o preenchimento do documento, o gerador da declaração irá fazer o cálculo de forma automática e vai mostrar ao contribuinte se terá que pagar imposto ou restituir.


Importante ressaltar que, além das taxas de juros cobradas no adiantamento da restituição, é preciso verificar o Custo Efetivo Total (CET) do crédito, que engloba as taxas e outros encargos cobrados pelo banco.


É fundamental contar com uma assessoria especializada em pequenas e médias empresas. Conte com a CONCQ-Consultoria